Desenvolvendo uma ferramenta digital para o planejamento florestal

Publicado por Veronica Axelsson em

A silvicultura de cobertura contínua normalmente requer um maior planejamento do que métodos mais tradicionais, mas a tecnologia da Katam agora oferece para esse trabalho.

O planejamento da silvicultura de cobertura contínua leva mais tempo para ser feito pois os caminhos do transporte devem ser organizados com muito cuidado. Caso contrário, existe o risco de bloqueios nos cursos d'água ou danos às raízes das árvores não derrubadas.

Ter as máquinas entrando na floresta várias vezes rapidamente também acaba inflando o orçamento. Além disso, muitas pessoas pensam que é necessário usar máquinas menores, mas esse não é o caso. Nesse contexto, os empreendedores que trabalham com a silvicultura de cobertura contínua precisam obter bons mapas e dados para aproveitar melhor seu tempo e orçamento, gerenciando o corte seletivo de forma mais rápida.

Ao usar imagens de drones, a tecnologia da Katam diz aos silvicultores quais árvores são as mais altas e mais adequadas para o corte. O consultor florestal Magnus Strandberg trabalhou com Katam para produzir um mapa que mostra o número de árvores e suas respectivas alturas.

Outra das soluções da Katam pode ser usada para fazer medições a pafrtir do solo, de forma a obter os diâmetros das árvores, se um silvicultor deseja selecionar árvores com um determinado diâmetro mínimo, por exemplo.

O primeiro planejamento normalmente leva mais tempo. “Mas então você tem a estrada e pode ser mais fácil fazer o próximo corte aproveitando parte do último planejamento”, diz Magnus Strandberg.

O artigo completo pode ser lido aqui. (Em sueco)